Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Informação e persuasão na Web

SITE DO PROJETO

http://www.labcom.ubi.pt/files/persuasaoWEB

ORÇAMENTO

Financiado pela FCT (1 de Julho de 2005 e 30 de Junho de 2008)

NÚMERO DO PROJETO

-

CÓDIGO DA OPERAÇÃO

-

PARECER DA ENTIDADE AVALIADORA

-

DOMÍNIO CIENTÍFICO PRINCIPAL

-

Área Científica Principal

-

Sub-área da Área Científica Principal

-

Área Científica Secundária

-

Sub-área da Área Científica Secundária

-

Investigador Responsável (IR) do projeto

António Fidalgo

Co-Investigador Responsável (co-IR) do projeto

-

Equipa de Investigação

Anabela Gradim Alves, Gisela Gonçalves, Joaquim Paulo Serra, João Canavilhas, Eduardo Camilo, Rosália Duarte Rodrigues, Maria da Graça Frazão Castelo Branco Sousa, Luis Miguel da Cruz Pato, Júlio Paulo Cruz Abrantes, Inês Aroso, Magda Sofia Roberto, Álvaro Miguel da Costa Lima Cairrão, Marlene da Conceição Vasques Loureiro, Galvão Meirinhos, José Nunes Esteves Rei, Nuno Ricardo Fernandes, Júlio Paulo Cruz Abrantes, Anabela Mateus

Breve descrição do projeto

O projecto Informação e Persuasão na Web, do LabCom, definiu como seu objectivo central estudar os princípios a que terá de obedecer a construção das páginas Web das instituições de ensino superior públicas portuguesas. O grupo de pesquisa "Informação e persuasão" tem como objetivo estudar as várias formas por que, em várias áreas, a informação e a persuasão desempenham um papel relevante. Mais especificamente, o grupo pretende estudar, refletir e analisar: · As formas emergentes de informação e comunicação específicas da Internet. · Os novos desafios em diversas áreas do discurso, ética e deontologia profissional, bem como o papel do leitor nos media interativos emergentes, tais como os jornais on-line. · Materiais on-line, como tipos de informação permanentes e omnipresentes. · As especificidades do jornalismo on-line, especialmente a sua linguagem particular (multimédia e jornalismo web) e a dimensão participativa do jornalismo on-line. · O jornalismo para telemóveis, tido como o sétimo meio de comunicação. · A famosa “retórica on-line”, por exemplo o modo como os meios de persuasão da retórica clássica são adaptados às/ pelas várias formas de comunicação da web; a comunicação política e a propaganda, nomeadamente aquela que os partidos e os cidadãos levam a cabo através da designada web 2.0. · Os vários aspetos persuasivos da publicidade comercial contemporânea; · Os usos da “persuasão oculta” e explícita nas áreas das relações públicas e do lobbying; A relação entre, por um lado, a publicidade e a propaganda e, por outro lado, o jornalismo e os efeitos que aquelas têm sobre este.

Sumário

O projecto Informação e Persuasão na Web, do LabCom,1 definiu como seu objectivo central estudar os princípios a que terá de obedecer a construção das páginas Web das instituições de ensino superior públicas portuguesas. Delineou-se, para a consecução de tal objectivo, uma investigação centrada nos utilizadores, e que confrontasse estes com as diversas possibilidades de organização da informação, de modo a apurar as que se revelariam, de facto, quer como as mais persuasivas, quer como as mais satisfatórias das necessidades e interesses desses mesmos utilizadores. Deste modo, a metodologia compreendia duas componentes, uma mais teórica e outra mais empírica. Em relação à componente teórica, ela decorria, no essencial, do quadro do que se tem vindo a chamar a “retórica online”, que procura determinar as condições e características que a persuasão assume no novo meio que é a Internet, e em particular na sua componente Web. Traduziu-se na organização de múltiplas conferências, seminários e colóquios, com investigadores nacionais e estrangeiros da área da retórica e da persuasão, bem como na produção de diversas comunicações, artigos e livros sobre o tema – de que são exemplos os dois volumes sobre Retórica e Mediatização, um já publicado e o outro em fase de acabamento. Em relação à componente empírica do projecto, que aqui nos interessa especificamente, ela compreendeu as actividades seguintes: i) 2 o Semestre de 2005: tendo como base a grelha analítica aplicada em estudo com objectivos similares por Hugo Pardo Kuklinski (2004), em que se introduziram as adaptações consideradas necessárias, procedeuse à análise dos sítios Web de uma amostra de nove Universidades públicas portuguesas. ii) Junho e Julho de 2007: foi feita a construção do protótipo de uma página Web de universidade, para servir de base ao inquérito aos alunos do 12o ano candidatos à matrícula no 1o ano dos diversos cursos da UBI, incluindo um questionário também criado para o efeito. iii) De 17 a 21 de Setembro de 2007 e 15 a 19 de Outubro de 2007: procedeuse à realização do inquérito aos alunos do 12o ano candidatos à matrícula no 1o ano dos diversos cursos da UBI . A população do inquérito foi constituída pelos estudantes que, tendo-se candidatado ao ensino superior na 1a e 2a fase do Concurso Nacional de Acesso, se matricularam, no ano lectivo de 2007/08, no 1o ano dos diversos cursos da Universidade da Beira Interior (UBI), perfazendo um total de 1172;2 desta população foi inquirida uma amostra de 119 estudantes, correspondente a 10,15 % da população. Quanto à metodologia utilizada, numa primeira etapa, e tendo em conta as características identificadas como ideais para a página Web de uma universidade, foram construídos uma Escala de Likert e, paralelamente, o protótipo da página Web de uma universidade fictícia incorporando essas mesmas características. Numa segunda etapa, foi feita a recolha de dados junto dos estudantes que efectuavam a sua matrícula – na 1 a fase, entre 17 e 21 de Setembro, e na 2a fase, entre 15 e 19 de Outubro –, tendo-se assim obtido, como dissemos, um total de 119 inquéritos. Cada um dos estudantes era confrontado com o protótipo da página Web e respondia, depois, a um questionário com a escala de Likert em que lhe era solicitada uma avaliação da página que acabara de ver no computador.

Objetivos

O grupo de pesquisa "Informação e persuasão" tem como objetivo estudar as várias formas por que, em várias áreas, a informação e a persuasão desempenham um papel relevante. Mais especificamente, o grupo pretende estudar, refletir e analisar: ·      As formas emergentes de informação e comunicação específicas da Internet. ·      Os novos desafios em diversas áreas do discurso, ética e deontologia profissional, bem como o papel do leitor nos media interativos emergentes, tais como os jornais on-line. ·      Materiais on-line, como tipos de informação permanentes e omnipresentes. ·      As especificidades do jornalismo on-line, especialmente a sua linguagem particular (multimédia e jornalismo web) e a dimensão participativa do jornalismo on-line. ·      O jornalismo para telemóveis, tido como o sétimo meio de comunicação. ·      A famosa “retórica on-line”, por exemplo o modo como os meios de persuasão da retórica clássica são adaptados às/ pelas várias formas de comunicação da web; a comunicação política e a propaganda, nomeadamente aquela que os partidos e os cidadãos levam a cabo através da designada web 2.0. ·      Os vários aspetos persuasivos da publicidade comercial contemporânea; ·      Os usos da “persuasão oculta” e explícita nas áreas das relações públicas e do lobbying; A relação entre, por um lado, a publicidade e a propaganda e, por outro lado, o jornalismo e os efeitos que aquelas têm sobre este.

Resultados

2º Semestre de 2005: análise dos sítios Web de nove Universidades públicas portuguesas, que deu origem a um volume de 57 páginas, incluindo 40 páginas de texto e 17 páginas de Anexos, a incluir no Relatório final. 21 e 22 de Abril de 2006: participação, com apresentação de comunicações, dos investigadores do projecto no Congreso Internacional Lusocom 2006, subordinado ao tema “Comunicación Local: da pesquisa á produción”, na Facultad de Ciências de la Comunicación, de Santiago de Compostela. 12 de Maio de 2006: Conferência Indian aesthetics and post colonial representation in ‘Harold of Orange’ and ‘Pow Wow Highway’, por Gordon Henry Jr e Patrick Lebeau, na Universidade da Beira Interior. 9 de Junho de 2006: Seminário Informação e persuasão na web: perspectivas teóricas, que reuniu os investigadores do projecto, sob a coordenação do investigador responsável, na Universidade da Beira Interior. 18 e 19 de Outubro de 2006: II Jornadas sobre Publicidade e Comunicação, uma organização conjunta com o Grupo de Trabalho (GT) de Publicidade e Comunicação da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação (SOPCOM), na Universidade da Beira Interior. 11 e 12 de Janeiro de 2007: I Jornadas sobre Retórica e Mediatização: da escrita à Internet, uma organização conjunta com o GT de Retórica da SOPCOM. Junho e Julho de 2007: Construção do protótipo de uma página web de universidade, para servir de base ao inquérito aos alunos do 12º ano candidatos à matrícula no 1º ano dos diversos cursos da UBI. 6 e 8 de Setembro de 2007: participação da totalidade dos investigadores do projecto no 5º Congresso da SOPCOM – Comunicação e Cidadania, na Universidade do Minho, em Braga. 17 a 21 de Setembro de 2007 e 15 a 19 de Outubro de 2007: realização do inquérito aos alunos do 12º ano candidatos à matrícula no 1º ano dos diversos cursos da UBI. 18 de Outubro de 2007: Conferência A Dimensão da Retórica na Tradição Judaica, por Cyril Aslanov, da Universidade de Jerusalém. 9 de Novembro de 2007: Jornadas Questões de Retórica Contemporânea, com a participação de 5 conferencistas nacionais, da UBI e de outras instituições de ensino superior, e de 1 conferencista estrangeiro, da Universidade Autónoma de Madrid. 6 de Dezembro de 2007: Conferência Ethosblog: Trust and Evidence on the Internet, por Michael Kochin, da Universidade de Telavive.

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

PT