Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Publicação de Comunicação

O CONCEITO DE COMUNICAÇÃO NA OBRA DE BATESON: INTERACÇÃO E REGULAÇÃO

A obra de Gregory Bateson marcou profundamente o pensamento do século XX e a teoria da comunicação em particular. Desenvolver um trabalho que aprofundasse e problematizasse as ideias deste epistemólogo da comunicação constituiu, desde o início, um desafio que se veio a revelar extremamente gratificante, como gratificante é vê-lo agora publicado em livro. O legado principal da sua obra prende-se com o facto de o indivíduo ter sido deslocado para o seio do grupo, identificado como um sistema feito de unidades relacionadas entre si pela comunicação. O indivíduo não é uma entidade separada, resulta das relações com o Outro. Este primado da relação traduz-se no primado da comunicação. Ela é o princípio fundador, a partir do qual tudo o resto surge. A comunicação tornaria as relações transparentes; conhecendo as suas regras, tudo seria prevísivel e controlável. No entanto, esta comunicação auto-reguladora é, tal como Bateson constatou no final da vida, insuficiente no que diz respeito à acção interior de cada um. O que parecia servir como modelo para a interacção social, deixa de o ser para um micro-nível. A mente não tem capacidade para conhecer os processos que desencadeiam a percepção, oferecendo apenas notícias do produto. Estas “incapacidades”, esquecidas durante um longo percurso, tornam o ser humano menos controlável e mais imprevísivel, com toda a sensação de liberdade que daqui advém, mas também o reconhecimento da insatisfação por uma vez mais não se ter conseguido tocar o universal.

Preço da edição impressa: € 10

AUTORES / EDITORES

Maria João Centeno

COLEÇÃO

Livros LabCom

ANO DA EDIÇÃO

2009

ISBN

978-989-654-006-7

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Índice

1. Introdução 1 2. A comunicação e as relações humanas 15 2.1 Indivíduo, grupo e sociedade
2.1.1 Factores culturais determinantes da personalidade
2.1.2 A cismogénese complementar e simétrica
2.1.3 A mudança na aprendizagem
2.2 A matrix comunicacional
2.2.1 Codificação da informação
2.2.2 Os contextos da aprendizagem
2.2.3 Interacção e comunicação
2.3 A explicação dada pelas novas teorias
2.3.1 A Teoria dos Sistemas e a Cibernética
2.3.2 A Teoria dos Sistemas e o estudo da comunicação
2.3.3 A Cibernética e o estudo da comunicação   3. As patologias da relação 57 3.1 Os paradoxos comunicacionais
3.1.1 Os tipos lógicos
3.1.2 O jogo da psicoterapia
3.2 A comunicação e a doença mental
3.2.1 A esquizofrenia
3.2.2 O “duplo vínculo”
3.2.3 O contexto sistémico na terapia familiar   4. O mundo do processo mental 77 4.1 A ecologia da civilização humana
4.1.1 A noção de “flexibilidade”
4.1.2 A “ecologia da mente”
4.2 A unidade mente/corpo
4.2.1 A teoria evolucionista
4.2.2 Os dois processos estocásticos
4.2.3 Mente com corpo
4.2.4 A nova Epistemologia   5. A ilusão da ordem no caos 101 6 Referências bibliográficas 111
cima
PT