Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

3ªs Jornadas Patologias e disfunções da democracia em contexto mediático

Prorrogação da data para envio de resumos

A Comissão Científica das III Conferências Patologias e Disfunções da Democracia
decidiu alargar o período para recepção de submissões até 31 de Julho.

 

Datas Principais

Submissão de Resumos: 31 de Julho

Selecção de trabalhos: 10 de Setembro

Data-limite para inscrição: 30 de Setembro

Jornadas: 23, 24 e 25 de Novembro

Data-limite para entrega de textos para publicação: 25 de Novembro

As 3ªs Jornadas Patologias e disfunções da democracia em contexto mediático vão ter lugar nos próximos dias 23, 24 e 25 de novembro na Universidade da Beira Interior sobre o tema O regresso do modelo de propaganda: emoções, populismo e polarização 

A III edição direciona o seu foco para três fenómenos comunicativos:

– O regresso de um estilo de comunicação simples, rápido, funcional e alegadamente antielitista em que a fruição das mensagens segue um tipo de interação movida pela emoção e segue próxima do unanimismo grupal ou identitário – o modelo de propaganda;

– Um fenómeno comunicativo em que aceitação das mensagens depende do agrado e da gratificação proporcionada aos destinatários em detrimento da sua conformidade com o que se convenciona designar por verdade- a chamada desinformação;

– E um terceiro fenómeno comunicativo em que a apologia da identidade própria é feita com o recurso à aniquilação discursiva do oponente que manifesta através de fenómenos como sejam a estereotipização, a estigmatização, a objectivização e a reificação do Outrem distinto e exterior do “Inner-Group” (Grupo Interno) – aniquilação simbólica (também designada por discurso de ódio).

Convocatória e Orientações para propostas de submisssões

A organização das III Jornadas Patologias e disfunções da democracia em contexto mediático apela a apresentação de resumos para comunicações a apresentar nas Sessões Temáticas  (Paralelas)  até ao último dia de junho sobre estas três dimensões referidas:

– O regresso da propaganda;

– A generalização da desinformação

– O discurso do ódio ou aniquilação simbólica;

– A articulação entre estes três fenómenos.

A organização apela, nomeadamente, à apresentação de trabalhos que foquem o mapeamento destes fenómenos, considerando a sua incidência seguintes áreas: política, género, identidade cultural, incluindo migração e minorias étnicas.    Considerou-se para efeito de separação analítica, o seguinte:

– a política como um tema que tem um enfoque em atores especifica e predominantemente políticos como sejam Governos e Partidos, órgãos representativos de Estado, fóruns nacionais e internacionais de debate político, 

– o género, como um tema que põe predominantemente em jogo o reconhecimento e os direitos de minorias que se diferenciam pelo género e orientação sexual;

 – a identidade cultural, um tema que diz respeito a situações conflituais ou outras que impliquem os direitos e o reconhecimento de grupos culturalmente diferenciados (raça, etnia, minoria religiosa, minorias linguísticas, refugiados, migrantes, etc.)

Nas Sessões temáticas (paralelas) aceitar-se-á submissão de trabalhos que explicitamente incluam reflexões sobre os acontecimentos do Leste Europeu (Ucrânia), a qual será objecto de uma Sessão plenária especifica

Serão selecionados 27 trabalhos a apresentar em 9 sessões temáticas, decorrendo três em cada um dos dias.

Os proponentes poderão selecionar um eixo centrado em cada um dos fenómenos comunicativos apresentados: a) propaganda b) Desinformação; c) Discurso de ódio.   Dentro do eixo que escolherem podem privilegiar associá-lo a questões de política no sentido mais clássico e forte do tema; questões de género ou de identidade cultural

Os proponentes poderão submeter resumos expandidos com cerca de 800 palavras, 1, 5, espaço, TNR, Corpo 12 até 31 de Julho. 

A escolha dos trabalhos será feita até 10 de setembro.

Aceitam-se abordagens provenientes das Ciências da Comunicação, e, ainda, da Ciência Política, Filosofia e Teoria Política, Sociologia, Artes e Estudos de Cultura.

DATA

23, 24 e 25 de novembro de 2022

LOCAL

Universidade da Beira Interior, Covilhã
Cartaz Patologias e Disfunções

DATA

LOCAL

SITE DO EVENTO

PROGRAMA

Em construção.
CIMA
PT