Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Publicação de Artes

CINEMA EM PORTUGUÊS – XIII JORNADAS

A presente publicação reúne catorze das vinte e duas comunica­ções apresentadas durante as XIII Jornadas Cinema em Português que decorreram entre 9 e 11 de novembro de 2020, na Faculdade de Artes e Letras da Universidade da Beira Interior, numa organização conjunta do Departamento de Artes e do Labcom – Comunicação e Artes.

Esta edição das Jornadas Cinema em Português trouxe a debate questões atuais e pertinentes para a reflexão sobre as produções e relações cinematográficas entre os diversos países que falam em português, procurando reunir esforços para ensaiar hipóteses de leitura conjunta e complementar. A imagem escolhida para a capa desta publicação pertence ao filme É na Terra, não é na Lua (2011), de Gonçalo Tocha, a quem agradecemos a generosa cedência e autorização.

AUTORES / EDITORES

Paulo Cunha, Manuela Penafria, Fernando Cabral & Tiago Fernandes (Editores)

COLEÇÃO

Ars

ANO DA EDIÇÃO

2021

ISBN

978-989-654-769-1

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Índice

Introdução - 9

“O cinema português não é para amadores” - 13
João Braz

Novo Cinema Português no início da década de 70: uma nova forma de ouvir o cinema - 23
Tiago Fernandes

O cinema português contemporâneo à escuta das margens da cidade - 35
Nuno Fonseca

O arquivo no cinema de Susana de Sousa Dias: análise aos filmes Natureza Morta e 48 - 53
Cátia Cardoso

Uma etnografia do mar: o método de Gonçalo Tocha - 67
María Angélica Contreras

Jornalismo de cinema português: O caso da cobertura aos filmes Diamantino, Variações, A Herdade e Vitalina Varela - 81
Jaime Lourenço & Maria João Centeno

O papel dos novos festivais de cinema no amadurecimento do “cinema de garagem” brasileiro nos anos 2000 - 99
Marcelo Ikeda

Cinema brasileiro e a história do tempo presente: a politização dos festivais de cinema e seus públicos em 2019 no Brasil - 125
Nathan L. F. Costa

Melancolia de esquerda no Brasil pós-2016: o caso do filme Os Sonâmbulos, de Tiago Mata Machado - 143
Wallace Andrioli Guedes

No aguardo: fim de linha e guerra social no cinema brasileiro contemporâneo - 161
João Oliveira Pace

Biela, uma moça da roça no cinema brasileiro: uma análise de Uma Vida em Segredo (2001), de Suzana Amaral - 175
Erika Amaral

Heloisa Passos: entre álbuns de fotografia e um documentário autobiográfico - 191
Ana Claudia França & Ronaldo de Oliveira Corrêa

Memória e políticas de género no cinema moçambicano independente: análise a partir dos filmes O Tempo dos Leopardos e Comboio de Sal e Açúcar - 211
Edson Mugabe & Eliseu Mabasso

Documentário e instalação: A apropriação em Ver é uma Fábula, mostra de Cao Guimarães - 231
Laís Lara & Leandro Mendonça
cima
PT