Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Publicação de Artes

CINEMA MÚLTIPLO: FIGURAS, TEMAS, ESTILOS, DISPOSITIVOS

São aqui reunidos dez textos escritos com pretextos e propósitos muito diversos, sob formas e abordagens variadas. Daí a ideia de multiplicidade presente no título, a qual se reflete nas diferentes figuras, temas, estilos e dispositivos que são tratados. Das formas geométricas do cinema absoluto à mitologia dos super-heróis, dos rostos de Persona à starchild de 2001 – A Space Odyssey, dos exageros do gore às alucinações de Videodrome, da autoreflexividade em Fight Club à violência do gore, da ficção científica à filosofia, da adaptação ao experimentalismo, do documental ao hierático, do abstrato ao autoral, do fake ao blockbuster, do cinematógrafo ao digital, do interface ao desenho, da televisão ao holograma, de Bergman a Greenaway, de Kubrick a Cronenberg, são múltiplos os trajetos e vínculos que se podem efetuar nestes textos.

AUTORES / EDITORES

Luís Nogueira

COLEÇÃO

Ars

ANO DA EDIÇÃO

2015

ISBN

978-989654-223-8

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Índice

Introdução

1. Cinema geométrico: Richter, Eggeling, Ruttmann, Fischinger,Whitney, Van Der Beek, Knowlton, Schwartz

2. Vertigem, pose, pausa, ascese: motivos e modalidades do cinema hierático

3. Duplo duplo: Persona e Fight Club, intertextualidade e auto-reflexividade

4. O feto astral e o monólito: alegorias, epifanias e transcendência em 2001 – A Space Odyssey

5. Olhar para o lado: imagens extremas no cinema gore

6. Videodrome: corpo, alucinação, violência, metafísica

7. Peter Greenaway: ilusionista, colecionador, narrador, documentarista

8. I Started a Joke: conspiração, sátira, sabotagem e embuste em Exit Through The Gift Shop

9. Os super-heróis tomam conta de nós: uma idade de ouro da adaptação cinematográfica?

10. Cinegrafia expandida: cinema potencial e cinema integral na ficção científica
cima
PT