Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Publicação de Comunicação

TEORIA E CRÍTICA DO DISCURSO NOTICIOSO: NOTAS SOBRE JORNALISMO E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS

Este livro ensaia a possibilidade de um diálogo entre conceitos sociofenomenólógicos e a Análise Crítica do Discurso, ambas aplicadas ao campo do texto jornalístico. Assim, inscreve-se na área dos estudos jornalísticos, mais particularmente da Teoria da Notícia.
Destaque-se que “Teoria e Crítica do Discurso Jornalístico” é o resultado de um trabalho pós-doutoral efectuado na sua maioria na Universidad Pompeu Fabra em Barcelona, com a inspiração de Teun van Dijk e de Miquel Rodrigo Alsina.

Preço da edição impressa: € 10

AUTORES / EDITORES

João Carlos Correia

COLEÇÃO

Livros LabCom

ANO DA EDIÇÃO

2009

ISBN

978-989-654-008-1

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Índice

1. O que é o Jornalismo? Uma reflexão teórica
1.1. A referência dos enunciados jornalísticos à actualidade e à relevância
1.2. O problema da actualidade
1.3. A verdade, a objectividade e a “seriedade” dos enunciados jornalísticos
1.3.1. O jornalismo e o contrato de leitura
1.3.2. Desvantagens da noção de contrato
1.3.3. Promessa e “seriedade”
1.3.4. O jornalismo como um enunciado “sério”
1.4. A natureza pública do enunciado jornalístico
1.5. O saber profissional dos enunciados jornalísticos: a objectividade
e a identidade profissional
1.6. O problema da influência: a importância da abordagem sociocognitiva 3 2. A abordagem sociocognitiva e os processos de representação mediática
2.1. Fenomenologia e cognição
2.1.1. As tipificações no mundo da vida quotidiana
2.1.2. O conceito de realidades múltiplas
2.2. O Frame
2.2.1. O frame mediático
2.2.2. O frame mediático: considerações teóricas e abordagens metodológicas
2.3. Da fenomenologia aos estudos do discurso: ideologia e modelos mentais
2.3.1. Ideologia
2.3.2. Conhecimento social
2.3.3. Conhecimento e ideologia
2.3.4. O modelo mental
2.4. Da análise fenomenológica à atitude crítica
2.5. A análise critica do discurso: o modelo estrutural de análise 51 3. Identidade e a alteridade: conceitos e teorias
3.1. A identidade como fenómeno relacional
3.2. Identidades contemporâneas
3.3. Racismo, discriminação e poder
3.4. Media, cultura e identidade
3.5. Portugal: identidade e alteridade 103 4. Discurso e enquadramentos no Arrastão da Praia de Carcavelos
4.1. O início do Arrastão
4.2. Estratégia de enquadramento mediático
4.3. Principais tópicos noticiosos
4.4. Coerência local
4.5. A controvérsia do Arrastão 137 5. A construção social da realidade: por um modelo integrado
5.1. Da atitude natural à atitude crítica: o papel da estranheza
5.2. A pluralidade de realidades
5.3. Estranheza e esfera pública 169 6. Bibliografia 185
PT