Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Dossier Revista Animus – Comunicação e Ciência

A Comunicação de Ciência, de seus processos e resultados, é um campo das ciências da comunicação cuja importância cresce à medida que os desafios ligados à ciência e à tecnologia se tornam cada vez mais relevantes e decisivos para o convívio em sociedade e a sobrevivência da espécie.

Nos últimos anos, com a radicalização da discussão pública e a politização de questões ligadas à ciência, desafios acrescidos se colocam à sua comunicação. Desde alterações climáticas até vacinação, passando por todos os tópicos que possam de alguma forma alimentar o universo de negacionismo e teorias da conspiração que se vão acumulando à sua volta.

A propaganda e a desinformação, que tradicionalmente tinham o seu palco privilegiado na comunicação política, estenderam-se a muitas outras áreas. Sua chegada à comunicação de ciência é um fenómeno relativamente recente. Foi sobretudo nos últimos anos que a ciência e o seu discurso passaram a ser usados como arma política, entrando na esfera de influência do vasto campo da desinformação e do conspiracionismo que os novos populismos do século XXI fizeram reviver, aproveitando um ecossistema mediático desenhado para favorecer a propagação do chocante e do escandaloso, e que se alimenta do ultraje e da indignação do público.

Sendo um fenómeno recente, estes são novos desafios que os estudos sobre Comunicação de Ciência têm de dar resposta. Este call for papers tem por objetivo suscitar o debate e a reflexão sobre o papel da Comunicação de Ciência num novo ecossistema mediático em que a manipulação e a desinformação estão inscritas por design. Para tal debate, chamamos por contribuições de pesquisadores de Ciências Sociais e Humanas, tais como Comunicação, Jornalismo, Estudos Midiáticos, História, Sociologia, Estudos Culturais, dentre outras.

São temas de interesse para este dossier trabalhos que abordem questões como:

  • Papel da Comunicação de Ciência no combate à desinformação
    • Autoridade e credibilidade do jornalismo científico
    • Autoridade e credibilidade dos cientistas
    • Teorias da conspiração e comunicação: origem, difusão, objetivos, formato etc.
    • A Comunicação de Ciência nos media: análises qualitativas e quantitativas
    • Comunicação de Ciência e confiança nas instituições
    • Estratégias, estudos de caso, projectos-piloto para uma melhor Comunicação de Ciência
    • Alfabetização, letramento ou literacia mediática e científica
    • Vulnerabilidade dos públicos de Comunicação de Ciência: propaganda e persuasão
    • Consumo de notícias e “news avoidance” no jornalismo científico
    • Papel dos fact-checkers de Comunicação da Ciência no novo ecossistema mediático
    • Star-system, influencers e desinformação
    • Redes sociais e Comunicação de Ciência: Facebook, Twitter, Instagram, Youtube, Tik Tok

Datas relevantes:

Submissão de textos: até 12 de novembro.

Notificação aos autores: até 10 de dezembro.

Publicação volume 03 de 2022 (v.21 n.47): até 31 de dezembro.

Os artigos devem ser submetidos através do sistema eletrônico da revista Animus. Serão aceites textos escritos em português, espanhol ou inglês e que, em sua totalidade, tenham entre 30 e 45 mil caracteres com espaços. As diretrizes completas para autores estão disponíveis aqui:

https://periodicos.ufsm.br/animus/about/submissions#authorGuidelines.

Animus (ISSN 2175-4977) é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A proposta da revista é propiciar a reflexão, a produção e a difusão do conhecimento em comunicação. Para tanto, a política editorial da revista abrange artigos acadêmicos, resenhas e traduções de pesquisa conceitual e empírica escritos em português, espanhol ou inglês das áreas de jornalismo, publicidade e propaganda, relações públicas, rádio e televisão, produção editorial, cinema e audiovisual, além dos estudos que apresentam interface com a comunicação. A revista é destinada a pesquisadores, profissionais, professores e estudantes de comunicação e áreas relacionadas. Animus tem classificação A3 na avaliação Qualis/CAPES e tem periodicidade quadrimestral.

Editores convidados do volume 3 de 2022:

Anabela Gradim – professora do Departamento de Comunicação, Filosofia e Política da Faculdade de Artes e Letras da Universidade da Beira Interior, onde coordena o doutoramento em Ciências da Comunicação e a unidade de I&D Labcom –  Comunicação e Artes. É doutorada em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior, tendo-se licenciado em Filosofia pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (Portugal).

Cristina Marques Gomes – professora do Departamento de Ciências da Comunicação do Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). É Doutora em Ciências no Programa de Ciência da Informação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (USP), e possui o grau de Doutora em Tecnologias e Sistemas de Informação pela Escola de Engenharia da Universidade do Minho (Portugal). Realizou um pós-doutoramento pelo Departamento de Ciências Administrativas da Universidad Autónoma de Ciudad Juarez (UACJ) do México.

João Pedro Baptista – professor do Departamento de Letras, Artes e Comunicação da Escola de Ciências Humanas e Sociais da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (Portugal), tendo-se doutorado em Ciências da Comunicação pela Universidade da Beira Interior com uma dissertação intitulada “Quem consome Fake News? Uma análise comparativa do efeito da ideologia política Esquerda-Direita na crença, interpretação e divulgação”.

Maurício Fanfa – professor substituto do Departamento de Ciências da Comunicação do Centro de Ciências Sociais e Humanas (CCSH) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), doutorando em Ciências da Comunicação no POSCOM-UFSM, mestre em comunicação e bacharel em produção editorial. Investiga sobre plataformas e mídias sociais de comunicação científica, tecnologias digitais, infraestruturas midiáticas e midiatização, especialmente a partir de semióticas materiais e teorias ator-rede.

DATA

Submissão de textos até 12 de novembro.

LOCAL

Online

DATA

LOCAL

SITE DO EVENTO

PROGRAMA

Submissão de textos: até 12 de novembro.

Notificação aos autores: até 10 de dezembro.

Publicação volume 03 de 2022 (v.21 n.47): até 31 de dezembro.
PT