Edit Content

grupo de artes

Investigador Responsável: Francisco Paiva

grupo de comunicação e media

Investigadora Responsável: Gisela Gonçalves

Siga-nos:

NEWSLETTER

Publicação de Comunicação

OS SÍTIOS DE REDES SOCIAIS NO PROCESSO DE PRODUÇÃO DA NOTÍCIA E SEU USO NO JORNALISMO SUL-MATO-GROSSENSE

Qual o impacto das redes sociais na internet (RSI) sobre a rotina produtiva dos jornalistas? Que nível de credibilidade estes atribuem as informações disseminadas nestes ambientes? Há variações na credibilidade entre as fontes oficiais e não oficiais dentro e fora das RSI? Podem as RSI servirem como espaços para a pluralidade de fontes no Jornalismo? Estas foram algumas das inquietações que deram origem a este livro. A obra é uma adaptação da dissertação de mestrado submetida ao Programa de Pós-Graduação da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), e está dividida em cinco capítulos: 1) Redes Sociais e Redes Sociais na Internet (RSI); 2) Fontes, internet e rotinas produtivas; 3) Oficialismo e pluralismo no discurso jornalístico; 4) A Internet como espaço e esfera pública e 5) Os jornalistas de Mato Grosso do Sul e os Sítios de Redes Sociais.

AUTORES / EDITORES

Victor Luiz Barone Junior

COLEÇÃO

Livros LabCom

ANO DA EDIÇÃO

2016

ISBN

978-989-654-314-3

Please wait while flipbook is loading. For more related info, FAQs and issues please refer to DearFlip WordPress Flipbook Plugin Help documentation.

Índice

Prefácio - Uma fonte de inspiração - 13

CAPÍTULO 1 - REDES SOCIAIS E REDES SOCIAIS NA INTERNET (RSI) - 19

1.1 A Conversação Mediada pelo Computador (CMC) - 26

1.2 A velocidade da interação na Web 2.0 - 29

1.3 A internet como parte do cotidiano - 32

CAPÍTULO 2 - FONTES, INTERNET E ROTINAS PRODUTIVAS - 37

2.1 Fontes na internet - 41

2.2 Credibilidade e capital social - 46

2.3 Rotinas produtivas e internet - 48

2.4 O jornalista como mediador - 52

CAPÍTULO 3 - OFICIALISMO E PLURALIDADE NO DISCURSO JORNALÍSTICO - 59

3.1 Fontes oficiais e assessorias no comando do processo produtivo - 67

CAPÍTULO 4 - A INTERNET COMO ESPAÇO E ESFERA PÚBLICA - 93

4.1 A internet como esfera pública virtual - 95

4.2 Os jornalistas de Mato Grosso do Sul e a pluralidade nos Sítios de Redes Sociais (SRS) - 101

4.3 A inevitabilidade de um novo espaço público - 114

CAPÍTULO 5 - OS JORNALISTAS DE MATO GROSSO DO SUL E OS SÍTIOS DE REDES SOCIAIS (SRS) - 119

5.1 Como os jornalistas se informam - 127

5.2 Os Sítios de Redes Sociais (SRS) no Jornalismo - 129

5.3 Cacofonia e ética - 132

Considerações finais - 139

Referências bibliográficas - 145

Apêndices - 167
cima
PT